Instalando e Configurando Remote Desktop Service no Windows Server 2019

Nesse artigo vamos mostrar como instalar e configurar o serviço de Remote Desktop Service (Baseado em sessão) no Windows Server 2019. Muitos administradores ainda possuem dúvidas sobre como configurar o RDS e suas melhores práticas de implantação. Vamos citar abaixo alguns cuidados que devem ser tomados, antes de qualquer implantação desse excelente recurso, nativo no Windows Server.

  1. Implantação deverá ser efetuado em um “membro de domínio” e não sobre um “Controlador de domínio”, por questão de segurança e também melhor gerenciamento do servidor de licenças;
  2. Utilizar Windows Server Standard. Não é necessário o versão Datacenter para efetuar a instalação completa desse recurso;
  3. Ter a saúde do seu controlador de domínio em 100% e suas resoluções de DNS funcionando perfeitamente;
  4. Possuir acesso à internet no servidor para ativação do licenciamento;
  5. Ter em mãos o licenciamento e conhecer qual tipo de foi adquirido pela sua organização;
  6. Criar perfil fechado via GPO, antes de liberar acessos aos clientes baseado em sessão;
  7. Possuir Windows ativado e atualizado.

Vamos agora para a parte prática!

Primeiramente abra o seu “Gerenciador de Servidores” e clique em “Adicionar Funções”:

Clique em “Próximo”:

Selecione a opção “Instalação de Serviços de Área de Trabalho Remota”, como mostra a imagem abaixo:

Em nosso exemplo, selecionamos “Implantação Padrão”, onde permite instalar o serviço em diversos servidores. Caso o seu cenário seja simples, utilize um único servidor selecionando a opção “Início Rápido”:

Para utilizarmos o serviço de Remote Desktop baseado em sessão, devemos selecionar a segunda opção, conforme imagem abaixo. Essa opção definirá a função do seu Remote Desktop Service, que aceitará conexões de clientes baseada em sessão (Área de Trabalho Remota). Cliquem em “Avançar”, para continuar o processo de implantação:

Serão instalados 3(três) serviços, sendo:

  • Agente de Conexão de Área de Trabalho Remota
  • Acesso via Área de Trabalho Remota
  • Host de Sessão da Área de Trabalho Remota

Esses serviços poderão ser configurados, após toda a instalação desse recurso:

Insira o servidor que deseja instalar o “Agente de Conexão” e clique em “Avançar”:

Insira o servidor que deseja instalar o Acesso “Via Web RDS” e clique em “Avançar”:

Insira o servidor que deseja instalar o Acesso “Host de Sessão RDS” e clique em “Avançar”:

Marque a opção para reiniciar o servidor automaticamente, assim o botão de implantação será habilitado. Clique em “Implantar” para iniciar as configurações:

Aguarde o processo inicial:

Seu servidor será reiniciado automaticamente. Tome muito cuidado para não forçar nenhum desligamento incorreto, pois isso pode acarretar na reinicialização de todo processo.

Assim que o servidor reiniciar, automaticamente será finalizado o processo de instalação do recurso. Clique em “Fechar” para finalizar esse processo de instalação:

Vamos agora configurar um “Conjunto”. Esse conjunto será o grupo onde encontraremos os usuários conectados remotamente em nosso servidor, e podemos gerenciá-los, capturar sessões remotas, derrubar processos, e outras opções administrativas.

Clique em “Host de Sessão Remota” e depois em “Criar Conjunto de Sessões”:

Clique em “Próximo”:

Defina um nome para esse conjunto e insira uma descrição para identifica-la. Fique a vontade para isso, pois não é obrigatório. Isso é de extrema importância quando possuímos diversos conjuntos, sendo assim, organizando melhor o nosso ambiente.

Selecione o servidor desejado e clique em “Próximo”:

Insira “grupos de usuários” ou “usuários” que deverão ter acesso a Área de Trabalho Remota. Em nosso exemplo, atribuímos os “Usuários de Domínio” propositalmente para alertar que isso não é correto. Sempre utilize o grupo “Usuários da área de trabalho remota” para seguir as melhores práticas de segurança. Muito importante saber, que essa configuração, será aplicada em sua política de segurança em “Atribuições e diretos dos usuários”, e você poderá modificá-la quando achar necessário.

Se não for utilizar perfil de discos para usuários, desmarque a opção conforme efetuamos abaixo na imagem:

Clique em “Criar”:

A criação é muito rápida e já temos um novo conjunto de sessão criado em nosso ambiente RDS.

Nosso próximo passo, será configurar o “Licenciamento”. Clique em “Licenciamento da Área de Trabalho Remota” para iniciarmos a configuração:

Selecione o servidor que irá receber o banco de licenciamento e clique em “Próximo”:

Clique em “Adicionar”:

Adicionamos a configuração inicial, mas ainda é só o começo.

Em “Ferramentas”, clique em “Gerenciamento de Licenciamento de Área de Trabalho Remota”, como mostra a imagem abaixo:

Cliquem em “Examinar Configuração”:

Vamos adicionar o servidor ao grupo de licenças para remover esse aviso. Clique em “Adicionar ao Grupo”:

Clique em “Continuar”:

Pronto! Agora o servidor faz parte do grupo de licenciamento:

As configurações dessa etapa estão 100%. Vamos continuar:

Agora precisamos ativar online o nosso servidor de licenças. Certifique-se que o servidor está com acesso à internet, com o DNS respondendo, e sem bloqueios. Clique em “Ativar servidor”:

Clique em “Avançar”:

Selecionar “Conexão Automática” e clique em “Avançar”:

Preencha os campos conforme solicitado:

Sempre insira as informações atuais da empresa. Para a Microsoft isso é muito importante, pois entenderá que sua empresa está dentro das conformidades de licenciamento em relação a esse produto.

Pronto, seu servidor está ativo, mas ainda não está instalado o pacote de licenças. Podemos diretamente deixar marcado o assistente de instalação de licenças, conforme mostra a imagem abaixo:

Clique em “Avançar” para iniciar o processo de instalação dos pacotes de licenças RDS:

Existem diversos tipos de licenças e contratos. O mais utilizado e o mais comum de se encontrar é o “Open License”. Escolha o tipo de licenciamento de sua organização e siga o passo a passo. Esse processo é bem simples, mas tenha sempre seu licenciamento em mãos no momento da instalação.

Ao testar o serviço, você conseguirá visualizar as conexões dos usuários ao servidor, e poderá utilizar os recursos de “Sombra” para gerenciar os usuários ativos na conexão com o Remote Desktop:

Dentro do conjunto, revisa as configurações”:

  • Geral
  • Grupo de usuários
  • Sessão
  • Segurança
  • Balanceamento de Carga
  • Configurações de Clientes
  • Perfil de Discos

Em grupo de usuários, podemos alterar a qualquer momento as permissões do Remote Desktop:

Em “Sessão”, podemos escolher o tempo limite de sessão, desconexão automática, entre outros…

Configure a camada de segurança que desejar:

Configurações de balanceamento de carga e limite de conexões:

Em definições de clientes, revise o que será carregado para os serviços de RDS. Sempre revise esse item, pois é de extrema importância para a segurança do seu ambiente. Sempre remova o carregamento de unidades, fica a dica.

E por fim, perfil de discos:

Em “Conjuntos”, defina qual servidor de licenças e qual tipo de licenciamento está configurado (Por usuário) ou (Por dispositivo). Quando estiver OK, clique em “Aplicar”:

Esperamos que esse artigo ajude todos os administradores a implantarem de forma correta os seus servidores de Remote Desktop Services. Todo processo acima, dura em cerca de 20 á 25 minutos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *