Acesso aos usuários e participantes | Where By

Acesso aos usuários e participantes

Assim que o participante receber o link, ele ir poderá abrir diretamente pelo celular ou navegador utilizando o seu computador. Vamos ver abaixo um acesso ao participantes via celular.

O participante poderá acessar via navegador do celular ou baixando o aplicativo, fica a sua escolha essa opção.

 

O participante deverá inserir o seu nome no campo indicado abaixo e clicar em “Continue”:

Clique em “Request Permissions” para permitir ao celular o acesso a câmera e microfone.

Clique em “Permitir”:

E por último clique em “Join Meeting”:

 

 

Esperamos que essa dica seja importante para aqueles que necessitam efetuar reuniões online e atendimentos.

Acesso Remoto Via (whereby.com)

Nesse pequeno artigo vamos mostrar como podemos utilizar a ferramenta de vídeo conferencia de forma simples e rápida.

Primeiramente abra o site:

https://whereby.com/ e cliquem em “Get Started”:

Se você possuir uma conta do G-mail, poderá utiliza-la. Caso não possua, insira o seu nome e um e-mail de outro local para criar sua nova conta. Aconselhamos utilizar o Gmail:

Insira seu e-mail e senha, como mostra a imagem abaixo:

Clique em “Get Started” Free:

Insira o seu nome para criar a sua nova sala de reunião.

Pronto! Sua sala está criada. Clique em “Go to Room” para acessar sua sala de reuniões.

Clique em “Join Meeting”:

Feito! Você já está pronto para enviar o link para os participantes, como mostra a imagem abaixo:

Ao enviar o link de sua sala ao participante, você já estará pronto para iniciar sua reunião online.

https://whereby.com/vinicius-mozart

Perform O365 to O365 Migration by SysTools Office 365 Express Migrator

SysTools Office 365 to Office 365 Migration Tool

Move Numerous Exchange Online Mailboxes to Another Account or Domain

The write-up deals with an explanation on how to migrate mailboxes from one Office 365 tenant account to another tenant account in Exchange Online. If there are more than 500 users under a single admin account, it is considered to use a professional tool such as SysTools Office 365 Express Migrator. Firstly, let us understand what is tenant mailboxes.

In Office 365, there are admin accounts. Under each admin account, there are multiple users. These all users are referred to as ‘tenant’. The mailbox of each individual user is called “tenant mailbox”. However, oftentimes it is required to forward the data from one user account to another. This is why the term “Office 365 tenant to tenant migration” is used.

For instance, let us consider two unreal companies: Target.com and Source.com. They both utilize different Office 365 tenants. Now, Target.com has owned Source.com and desires to move the source users to target.com.

To achieve this task, a plenty of workaround solutions exist there. But, data integrity and formatting cannot be comprised at any cost. Being a global administrator of the company, I faced the same dilemma a few weeks ago. Therefore, I think it will be helpful to other people if I will share my experience.

Descriptive Features of Office 365 to Office 365 Migration Tool

If a user is willing to switch from one tenant Office 365 mailboxes to another Office 365 mailbox, he/she will be happy to know the key-listed features that the utility offers. Some of the highlighted services are briefed below:

  • Office 365 to Office 365 Tenant Migration

The Office 365 Express Migrator permits the users to transfer the Exchange online mailbox from one O365 account to the other. Other data items like emails, contacts, tasks, and calendar items can be migrated from first Office 365 account to another account. The O365 to O365 migration tool replicates the piece of data from one account and transports it to the other account or domain.

  • An Option for Migration of Particular Data

This simple but smart product assists the user to migrate some selected data, rejecting the others. In the category of such customized migration, the option of date-based filter is well known. All a user needs to do is enter the “to” and “from” field in the export pane of the software. The tenant mailboxes under that date range will be moved to another Office 365 account.

  • Validate and Transport O365 Mailboxes

As the source and destination IDs are included, the primary concern of the tool is to validate the Office 365 IDs. In other words, the Office 365 Tenant to Tenant Migration tool confirms that whether these IDs exist or not. Once the user IDs are verified, the procedure of Office 365 to Office 365 email migration is continued. In case, the wrong IDs are provided, the process will halt.

  • Offers Discontinue and Resume Option

The O365 to O365 migration tool supports the user to stop the export procedure whenever required. Then, the operation can be taken over from the point it was left. No change in the formatting of the emails and other data items is noticed. Hence, the transfer of data from one account to another can be fulfilled without any intervention.

  • Import CSV File to Add Multiple Users Details

Before beginning the Office 365 to Office 365 tenant migration process, the credentials of the source and destination user IDs are to be added & validated. Whenever it is required for providing many user IDs, doing it one by one will consume a lot of time. Hence, a CSV file comprising of the details like source user ID, password of user IDs, destination user IDs and password in Office 365, will be inserted.

  • Transfer Particular Office 365 Mailboxes

Office 365 tenant mailboxes and other components move from one account and accepted by another domain or account. But, many times it happens that the entire data is not needed. In this case, users can select or deselect the checkbox corresponding to the desired folders. The data architecture will be retained and not even a single bit will be changed.

  • O365 to O365 Migration Tool Produces Export Report

As soon as the overall operation of Office 365 to Office 365 migration is done, the wide-ranging details can be extracted. The Office 365 Express Migrator notifies about the details like mailbox name, count of emails, totality of tasks, calendars and other elements as well. It also displays the total time taken to complete the export process.

  • Export Folders Via Entering Their Names

The Office 365 to Office 365 migration tool facilitates the user to relocate only some specific folders like inbox, sent items, etc. The name of these folders can be manually written under the list of folders. The metadata property of the folder added is maintained. Any change in the structure, data, and arrangement is not seen.

Prerequisites of the O365 Tenant to Tenant Migration Tool

# With Impersonation

  • Administrator account of the Exchange Online must have an Office 365 license accredited, and OWA should be accessible to Admin.
  • The Administrator profiles for both, source and destination IDs, must be impersonated.
  • “Mailbox Import Export” role should be compulsorily granted to the Admin user.

# Without Impersonation

  • In destination account, Office 365 license must be assigned, and OWA should be available.

System Specifications of Office 365 to Office 365 Migration Tool

Developer SysTools Group
Processor 1 GHz Processor, recommended is 2.4 GHz
Support RAM 512 RAM, and advisable is 1 GB
Hard Disk Storage Space 25 MB of storage space is required for the installation of migrator application
Windows Edition Supported Windows 10 and versions beneath it

Subscriptions Plans Supported by Office 365 Express Migrator

The brand is harmonious with a wide variety of subscription plans. Have a look at the list below:

  • Office 365 Enterprise E1
  • Office 365 Enterprise E3
  • Office 365 Enterprise E5
  • Exchange Online Plan 1
  • Exchange Online Plan 2
  • Office 365 Business Premium
  • Office 365 A1
  • Office 365 A3
  • Office 365 A5
  • Office 365 F1
  • Office 365 Business Essentials

Comparison Between Trial and Licensed Version of Office 365 Migrator Tool

  • Trial Version: The trial edition enables the customers to gain the overview of the application before purchasing it. The trial version can be downloaded from the official website. The installation process is easy and does not require much effort. The set up will be configured on the local system. Since it is a demo edition, it is very obvious that there should be some shortcomings. The Office 365 Express migrator can shift 100 emails and 25 other data elements like contacts, calendars, task items, etc., from one account to another.
  • Licensed Version: If the users are satisfied with the working of the O365 to O365 migration tool and they are ready to buy the full version, then the licensed version can be bought via secure payment gateway. The full version does not impose any limitations on the quantity of the Office 365 components to be migrated.

Advantages of the Office 365 to Office 365 Migration Tool

According to me, all the features listed above are the plus points of the Office 365 Express Migrator tool. It seems like the product is designed considering the demands and needs of users. Some of the main advantages of using this utility are:

  • It supports to move Office 365 tenant mailboxes in different domains.
  • Impersonation feature is provided to allow and migrate the mailboxes of several users with the help of Admin account.
  • The product is compatible with all the versions of Windows operating system.

The Observational Verdict

Office 365 is one of the most widely used applications in the business industry. Due to the amazing features it exhibits, it is favored by many enterprises and even home users. Depending on the everyday needs, it can be claimed to move the data from one Office 365 tenant mailbox to another mailbox. Using the manual solution will involve a high risk factor, so it cannot be accomplished. In the series of automated tool, SysTools Office 365 Express Migrator is the best alternative. It produces impressive results. I would like to rate this product as 9.8 out of 10.

To know how to download, run, install & complete working of Office 365 Express Migrator, please visit here: https://www.systoolsgroup.com/office365-express-migrator/how-it-works.html

Watch video to know step by step complete guide: https://www.youtube.com/watch?v=Oek2GrdLak4

Corrigindo “Erro ao Executar DirSyncConfigShell.psc1”

Nesse artigo vamos mostrar como corrigir o erro ao executar o arquivo de sincronização do Active Directory DirSyncConfigShell.psc1, que se encontra no caminho C:\Program Files\Windows Azure Active Directory Sync\. Esse arquivo faz parte da etapa de sincronização de seu Active Directory Local com os serviços de nuvem. Na primeira execução, você poderá se deparar com o seguinte erro abaixo:

O erro acima ocorre quando não possuímos a instalação do Windows Management Framework 3.0. Segue abaixo link para download:

http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=34595

Após instalação, abra o arquivo “DirSyncConfigShell.psc1″, não deverá apresentar o erro e você poderá rodar o comando de sincronismo normalmente, como mostramos na imagem abaixo:

Essa dica é muito útil para quem utiliza os serviços e sincronização do Active Directory para os serviços de nuvem. Quem está planejando sua implantação, você pode se antecipar e não passar por esse pequeno problema.

Como colocar senha em pastas no Windows 10

Todos nós temos arquivos que gostaríamos de manter em segredo, tanto na empresa quanto na vida pessoal. Felizmente, no Windows 10, você pode criar uma pasta e incluir uma senha para proteger os seus arquivos de forma e você pode fazê-lo sem ter que comprar qualquer software adicional.

Vamos ver na prática como fazer esse procedimento.

Crie uma pasta no caminho que desejar e coloque seus arquivos que deseja proteger dentro dela. Veja o caminho que criamos na pasta imagem abaixo:

1
Crie um arquivo de texto, insira o comando abaixo e salve o arquivo na raiz da “Pasta Secreta” com o nome “FolderLocker.bat“:
————————————————————————————————————————
cls
@ECHO OFF
title Folder Locker
if EXIST “Control Panel.{21EC2020-3AEA-1069-A2DD-08002B30309D}” goto UNLOCK
if NOT EXIST Locker goto MDLOCKER
:CONFIRM
echo Are you sure u want to Lock the folder(Y/N)
set/p “cho=>”
if %cho%==Y goto LOCK
if %cho%==y goto LOCK
if %cho%==n goto END
if %cho%==N goto END
echo Invalid choice.
goto CONFIRM
:LOCK
ren Locker “Control Panel.{21EC2020-3AEA-1069-A2DD-08002B30309D}”
attrib +h +s “Control Panel.{21EC2020-3AEA-1069-A2DD-08002B30309D}”
echo Folder locked
goto End
:UNLOCK
echo Enter password to Unlock folder
set/p “pass=>”
if NOT %pass%==Your-Password-Here goto FAIL
attrib -h -s “Control Panel.{21EC2020-3AEA-1069-A2DD-08002B30309D}”
ren “Control Panel.{21EC2020-3AEA-1069-A2DD-08002B30309D}” Locker
echo Folder Unlocked successfully
goto End
:FAIL
echo Invalid password
goto end
:MDLOCKER
md Locker
echo Locker created successfully
goto End
:End
 ——————————————————————————————————————————————————————
No código acima, altere o texto em negrito Your-Password-Here por uma senha que desejar. Essa senha será solicitada para acessar sua pasta secreta. Para facilitar o entendimento, confira como salvar o arquivo abaixo:
2

Com o arquivo .bat criado, dê um duplo clique no mesmo. Veja que será criado uma nova pasta com o nome “Locker”, confira na imagem abaixo:

3

Mova a sua pasta “Secreto” para dentro da pasta “Locker”, pois é a pasta Locker que será criptografada com sua senha personalizada. Após mover, rode o script para receber a de proteção e digite “Y” para proteger e esconder sua pasta.

4Rode o script novamente e entre com a senha que você definiu no arquivo .bat.

5

Pronto, sua pasta locker será apresentada novamente e seus arquivos estarão disponíveis. Confira na imagem abaixo:

6

Muito importante ocultar o arquivo .bat para dificultar um pouco e melhorar a segurança desse procedimento. Você pode também, utilizar a aba “Segurança” e permitir apenas que seu usuário faça alteração nesse arquivo.

Esperamos que essa pequena dica ajude todos os usuários e também administradores.

Utilizando o Microsoft Teams para Ajudar na Organização de Seus Projetos

​Nesse artigo vamos mostrar um pouco do Microsoft Teams. Uma ferramenta excelente para organização e personalização de equipes de trabalho em ambientes locais. Essa ferramenta pode lhe ajudar a centralizar seus projetos e documentar cada passo de seus participantes. Tudo isso dentro de um ambiente leve, intuitivo e totalmente online. Com o Microsoft Teams, você também pode ter acesso aos arquivos relacionados ao projeto e equipes separadamente, e poderá acessá-los de qualquer lugar através de seu computador ou dispositivos móveis.

Veja algumas perguntas mais frequentes sobre o produto:

Quais planos de Office 365 incluirão o Microsoft Teams?

O Microsoft Teams está disponível para clientes comerciais assinantes de um dos seguintes planos: Business Essentials, Business Premium e Enterprise E1, E3 e E5. Também estará disponível para clientes que adquirirem o E4 antes de se tornar indisponível.

Quais ações os administradores de TI do Office 365 precisam realizar para ter acesso à prévia do Microsoft Teams?

Para acionar o Microsoft Teams, os administradores de TI devem ir ao centro de administração do Office 365, e clicar em Configurações > Serviços & Add Ins> Microsoft Teams.

Quando o Microsoft Teams estará disponível para todos os clientes Office 365 elegíveis?

O Microsoft Teams está disponível em versão prévia para clientes comerciais elegíveis do Office 365 a partir de 2 de novembro de 2016. Esperamos que o serviço esteja totalmente disponível no primeiro trimestre de 2017.

Em quais plataformas o Microsoft Teams funciona?

O Microsoft Teams roda em plataformas Windows, Mac, Android, iOS e web.

Quais níveis de segurança e compliance o Microsoft Teams aceita?

Espera-se que o Microsoft Teams esteja em conformidade com Office 365 Tier C no lançamento. Esse conjunto amplo de proteção de dados e compliance inclui ISO 27001, ISO 27018, EUMC, SOC 1 Type I & II, SOC 2 Type I e II, HIPAA e FERPA. O Microsoft Teams também reforça a autenticação em duas etapas, a entrada pelo Active Directory e a criptografia de dados em trânsito e em repouso.

Quais treinamentos estão disponíveis para ajudar os administradores de Office365 a saber mais sobre o Microsoft Teams?

Temos dois treinamentos atualmente disponíveis para nossos administradores de TI. Para ver esses treinamentos, visite o site Microsoft Virtual Academy. Temos um vídeo no Microsoft Mechanics e mais informações no Microsoft Teams Tech Community.

Vamos ver agora um pouco de seus recursos e funcionalidades na prática. Você pode trabalhar com o Microsoft Team Online ou baixar a ferramenta em seu computador. É recomendável baixar o App para uma melhor experiência com o Teams.

Essa é a tela principal e a nossa equipe já está criada. Na equipe principal, podemos adicionar os membros, criar novos canais, personalizar a equipe, caso queira adicionar adicionar o logo-tipo e até mesmo adicionar “bots” em um chat para facilitar e automatizar as conversas.

Dentro da equipe você poderá criar “Canais” para organizar os seus projetos de acordo com sua necessidade. Veja abaixo como é fácil criar um novo canal:

Digite o nome do “Canal” e coloque uma descrição para organizar melhor o mesmo:

Com o canal criado, veja ao lado as opções que possuímos dentro dele. Na guia “Conversas”, serão armazenados toda a parte de chat. Você poderá mencionar um participante com o @, assim como utilizamos nas redes sociais e alguns apps de chat.

Na guia “Arquivos”, podemos fazer o upload de arquivos. Isso é muito legal, pois podemos organizar todos os arquivos envolvidos em um projeto ou de um cliente específico. Com esse recurso, podemos centralizar muito bem toda a documentação e os participantes envolvidos nos projetos, poderão acompanhar com facilidade o andamento.

Na guia “Wiki”, podemos criar uma base de conhecimento para cada canal separadamente. Isso é muito interessante para documentar resoluções de problemas e como tal projeto foi desenvolvido. É um espaço que pode ser utilizado para vários fins.

Você também poderá personalizar um guia e utilizar os aplicativos nativos do Teams. Existem diversas ferramentas que ajudarão no desenvolvimento e documentação de um canal.

Agendar reuniões e manter todos informados é sempre uma tarefa muito difícil. Veja que você poderá agendar uma reunião e automaticamente todas as pessoas envolvidas no canal serão notificadas e não poderão dizer que simplesmente não sabiam da reunião ou não receberam a notificação, pois tudo será documentado dentro do canal.

Você poderá escolher qual canal deseja criar essa reunião e poderá convidar pessoas dentro de sua organização.

Cada usuário poderá subir arquivos individualmente sem precisar compartilhar com os canais. Esse é um espaço particular e não é compartilhado com outros usuários. Se cada usuário possuir o OneDrive, será carregado individualmente seus arquivos para poder utilizá-los e se quiser compartilhar o mesmo.

Você também pode usar sua imaginação e vincular qualquer serviço “http” e chamar uma página web dentro do Microsoft Teams. Veja que conseguimos vincular um sistema em Sharepoint, dentro de um canal. Isso é muito legal, pois podemos ter diversas ideias para integração dentro do Microsoft Teams.

Essa foi uma pequena demonstração do que o Microsoft Teams oferece. Se você possui o Office 365 com as assinaturas que possuem direitos de utilização, não deixem de testarem, pois a resposta é bem positiva pela sua simplicidade e integração. Esperamos que essa pequena dica ajude a todos os administradores e equipes de trabalho que precisam organizar melhor os seus projetos.

Listando permissões de pastas em massa com AccessEnum (Sysinternals)

Nesse pequeno artigo vamos deixar uma dica bem legal para quem necessita listar permissões de pastas em sistemas de arquivos NTFS. A Sysinternals possui diversas ferramentas importantes para gerenciamento e ajuda no dia a dia do profissional de TI, e a AccessEnum. Imagine um cenário onde você necessite revisar permissões em diversas pastas e diretórios diferentes e precisar documentar essas permissões. A ferramenta não é muito forte na parte de entrega de relatórios, mas para uma análise pontual é extremamente rápida e não precisa de instalações pesadas, um simples aplicativo faz esse trabalho para você. Vamos agora ver como funciona na prática:

Primeiramente devemos efetuar o download da suite do Sysinternals, clique no link abaixo para obter as ferramentas:

Suite Sysinternals

Ao descompactar as ferramentas do Sysinternals, procure o aplicativo chamado “AccessEnum” e clique para abri-lo, como mostramos na imagem abaixo:

Em nosso cenário, criamos uma pasta chamada “Teste” e nela inserimos as seguintes permissões:

  1. Administrador: Negando todas as permissões
  2. Vinicius Mozart: Liberando todas as permissões

 

Com o aplicativo aberto, selecionamos a nossa pasta em “C:\Teste” e clicamos em “Scan”. Veja que as permissões já foram listadas da mesma forma que se encontra nas propriedades das pastas.

Se você possuir uma pasta raiz com diversas subpastas e deseja listar todas as permissões, essa dica é muito valiosa para você. Mesmo para quem não procurava essa solução, poderá aproveitar e efetuar agora mesmo uma revisão em seu file server e evitar que problemas futuros em relação as permissões ocorram. Esperamos que essa dica ajude todos os administradores e o dia a dia do profissional de TI.

Recuperando Imagens de um arquivo Word

Nesse artigo vamos mostrar como recuperar o conteúdo de imagens de um documento do Microsoft Word, quando o mesmo não pode ser aberto de forma alguma. Alguns erros de formatação, fórmulas, entre outros, podem causar erros irrecuperáveis.

Para começarmos nossas etapas, primeiramente desmarque a opção “Ocultar as extensões dos tipos de arquivos conhecidos”. Com isso, seu Windows irá mostrar as extensões dos arquivos. Segue imagem abaixo para melhor entendimento:

01

No exemplo abaixo, possuímos um arquivo que com problemas e com um tamanho de 103MB. Esse documento possui muitas imagens. Para continuarmos o procedimento, crie uma pasta com o nome de “Recuperado” e copie o arquivo para o mesmo. Veja imagem abaixo:

1

Renomeie o documento do word para .zip. Clique em sim na mensagem apresentada.

2

Extraia o documento para o mesmo local, como mostra a imagem abaixo:

3

Os arquivos do Word foram descompactados e agora podemos explorá-los:

4

Para recuperar as imagens acesse o seguinte caminho:

C:\Users\VMozart\Desktop\Recuperar\Recuperado\word\media

5

Copie as imagens para outro local seguro e pronto, suas imagens serão recuperadas. Esperamos que essa pequena dica ajude muitas pessoas a recuperarem seus trabalhos perdidos.

Analise o Tamanho das Pastas em seu Servidor com Treesize

Nesse artigo vamos mostrar como analisar e fica por dentro com o tamanho de suas pastas em seu servidor de arquivos. A cada dia que passamos, com o crescimento da tecnologia, o espaço em disco se torna muito importante e precisamos monitorá-los. Para efetuarmos essa análise de uma forma mais prática possível, utilizamos o aplicativo“Treesize Free”, que além de nos mostrar os tamanho de cada pasta, ordena de forma sensacional por vários tipos de visualização, gratuito, e mais, é totalmente compatível com o Windows Server 2003/2008/2012. Esse aplicativo também é compatível com Windows Client XP/7/8 e 8.1.

Para efetuar o download do aplicativo, acesse o link abaixo:

http://www.jam-software.com/treesize_free/

Após efetuar instalação, abre o aplicativo. Veja que podemos escolher entre KB/MB/GB na enumeração e resultados dos diretórios. No exemplo abaixo, optamos por GB:

1

Para iniciarmos o “Scan” nos diretórios, devemos clicar no ícone como mostramos na imagem abaixo e selecionar o caminho que desejamos. No exemplo abaixo, escolhemos o “Scan” em toda unidade C:.

2O processo pode demorar, pois dependerá do tamanho dos diretórios, velocidade dos equipamentos e quantidade de arquivos. Veja abaixo que além de mostrar o tamanho de cada diretório, já ordenou de forma bem simples “por tamanho”. Com essa visualização, fica muito mais fácil navegar e encontrar qual diretório está consumindo mais espaço no disco.

3

Esse recurso é gratuito, mas existe a versão paga que podemos ter as seguintes ferramentas:

– Gerenciar e limpar o espaço em disco de forma eficiente;
– Visualizar o uso do disco;
– Analisar detalhadamente, até os mais baixos níveis de diretório;
– Copiar ou mover arquivos;
– Inúmeras opções de exportação e de relatórios; (Importante)
– A busca de arquivos duplicados; (Importante)
– Programar varreduras e executá-las automaticamente.

Se tiver interesse nas funções e utilizar a versão profissional, acesse:

http://www.jam-software.com/treesize/?&cp=ProductAds&cp_kwd=TSfree_TSpro

Migrar Gmail para Outlook.com

Nesse artigo vamos mostrar como migrar sua conta Gmail (Mensagens + Contatos), para Outlook.com, de uma maneira simples, fácil e segura. Primeiramente você deve acessar o link abaixo e seguir as duas etapas:

http://www.microsoft.com/pt-br/outlook-com/gmail/

gmail2

Após clicar na segunda etapa, você será redirecionado para a autenticação sua conta Microsoft. Com o login efetuado, automaticamente será exibida uma mensagem. Clique em “Iniciar”. Confira na imagem abaixo:

gmail3Você será automaticamente redirecionado para sua conta Gmail. Insira seu e-mail / senha e faça o login.

gmail4

Ao abrir o Gmail, uma mensagem automática será exibida para encaminhamento de novos e-mails para sua nova conta Outlook.com. Caso queira criar um redirecionamento até que todos seus contatos saibam que você está utilizando outra conta, clique em “Abrir o Gmail”. Em nosso caso escolhemos por não criar o redirecionamento. Esse configurar poderá ser efetuada depois, caso não queria efetuar no momento.

gmail6

Assim que os e-mails forem sincronizados com sua nova conta, você receberá com email em seu Outlook.com com todos os resultados. Veja na imagem abaixo.

gmail7Um ótimo recurso para quem deseja migrar sua conta Gmail para Outlook.com. Fica a dica para todos. Um grande abraço e até a próxima.

WhatsApp chat